História

O Centro Desportivo de Fátima situa-se a norte do distrito de Santarém, na freguesia de Fátima, concelho de Ourém.

            Com o nome inicial de Centro Paroquial de Fátima, o clube é fundado a 24 de Janeiro de 1966 pelo pároco da freguesia de Fátima, Manuel António Henriques. A dinâmica do seu fundador e a forte adesão da população ajudou o clube a crescer rapidamente e assumir o estatuto de representativo do distrito, onde muitos jovens treinavam diariamente com o intuito de ocupar o tempo livre de forma saudável.

            Os resultados desportivos positivos e os talentos individuais a imergirem não deixavam ninguem indiferente, sendo que a 1990, o então presidente Anacleto de Oliveira alterou o nome do clube para Centro Desportivo de Fátima, obtendo o estatuto de “Entidade de Utilidade Pública”.

            Atualmente com 53 anos de história, o clube já conta com alguns momentos de glória, onde no final da dédaca de 2000 militou 4 anos na Segunda Liga. Na época 2006/2007 conseguiu o 1º lugar na 2º divisão B, Serie C, catapultando o clube para a Liga de Honra, dirigido na altura pelo treinador Rui Vitória. Na época seguinte não evita a descida de divisão, mas participa nos quartos-de-final da Taça de Liga, com destaque as duas vitórias conseguidas sobre o então bicampeão nacional Futebol Clube do Porto.

            Com a crise económica que levou a um desinvestimento por parte de empresas patrocinadoras, crises diretivas, e um investidor desconhecido mal intencionado que ficou com grande fatia das acções do clube, o Centro Desportivo de Fátima ficou sem condições para competir num quadro competitivo de exigência financeira elevada e teve queda abrupta para as divisões distritais.

            No ano de 2016 surge Abdulmonti Kaaki, um sheik natural da Arábia Saudita, dono de vários negócios no seu país, como lojas de material desportivo e academias de futebol. Em Portugal já havia investido num clube histórico português, o Louletano, e quando conheceu a realidade do Centro Desportivo de Fátima, prontamente demonstrou interesse em investir nos dois escalões que mais despesas apresentavam ao clube, juniores e séniores. Investiu 250 mil euros, criou o Centro Desportivo de Fátima, SAD, tornando-se presidente e responsável máximo. Atualmente os juniores têm como principal objetivo a subida de divisão ao campeonato nacional, enquanto que os seniores militam no Campeonato de Portugal.

            Com toda esta restruturação, o futebol de formação, (petizes a juvenis) continuam a pertencer ao Centro Desportivo de Fátima, sendo o Padre António Pereira o atual presidente.

Um website emjogo.pt